Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Introdução
Nutrição
Agenda
Notícias
Loja
Directório
Pesquisa
Marco Histórico §
Guia de Sânscrito
NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
Manter o equilíbrio psicossomático é possível através de certos requisitos, e de entre eles, a alimentação. A solução de doenças quando em curso, bem como a sua prevenção, passa por regras de nutrição, que afinal, deveriam já estar incluídas como imprescindíveis, ao bom funcionamento do organismo físico do ser humano.



pág. 1 de 3
Farmácia natural

de Rita Trevisan e Louise Vernier

em 02 Ago 2012

  É possível cultivar, em casa, ervas medicinais que ajudam a aliviar sintomas e a tratar doenças, como gastrite, rinite alérgica, prisão de ventre e até hipertensão. Saiba como tirar proveito. As ervas medicinais foram a primeira opção terapêutica para tratar doenças em toda a história da humanidade. E o interessante é que hoje, com toda a evolução na indústria química e farmacêutica, os medicamentos fitoterápicos, extraídos das plantas, continuam válidos.


PROBLEMAS DE ESTÔMAGO

Azia
Nome: Erva-cidreira (lippia alba). Parte usada: folhas
Indicação: alivia a sensação de ardência que é típica da azia, pois confere protecção extra à mucosa do estômago. Seus mecanismos de acção são desconhecidos.
Modo de preparar: colocar ½ colher de (chá) de folhas de erva-cidreira fresca numa chávena (chá) de água fervente. Abafar por 5 a 10 minutos e coar
Posologia: tome uma chávena do chá duas vezes ao dia.
Contra indicação: pessoas com pressão baixa devem evitar o uso.

Refluxo
Nome: Gengibre (Zingiber officinale). Parte usada: caule.
Indicação: rico em compostos fenólicos, como os gingeróis e os shogaois, age directamente no trato digestivo, normalizando as contracções que causam o sintoma. Também alivia náuseas.
Modo de preparar: cozinhar por 10 minutos 1 colher de (chá) de gengibre numa chávena de água. Abafar e coar.
Posologia: tome uma chávena de chá três vezes ao dia.
Contra indicação: quem sofre de pressão alta deve evitar o gengibre. Durante a gravidez, o ideal é tomar, no máximo, uma chávena do chá de gengibre por dia.

Gastrite
Nome: Espinheira-santa (Maytenus ilicifolia). Parte usada: folhas
Indicação: tem a capacidade de incrementar a barreira da mucosa do estômago, graças a uma substância chamada friedenelol, presente na sua composição: A espinheira também é rica em flavonoides, o que justifica seu uso como anti-inflamatório e preventivo para a formação de úlceras. Esses flavonoides inibem a acção de determinados enzimas, reduzindo a produção de ácidos e óxido nítrico no estômago.
Modo de preparar: colocar ½ colher 8chá) de folhas de espinheira-santa numa chávena de chá de água a ferver. Abafes por 5 a 10 minutos e coe.
Posologia: tomar uma chávena de chá três vezes ao dia.
Contar indicação: não deve ser usada por crianças menores de 10 anos, gestantes e latentes.

Diabetes
Nome. Pata-de-vaca (Bauhinia forficata). Parte usada: folhas
Indicação: tem efeitos semelhantes à insulina, sem favorecer a hipoglicemia, graças aos flavonoides e aos polissacarídeos. Esses compostos estimulam o consumo de glicose periférica, ao mesmo tempo que inibem a reabsorção de glicose pelos rins.
Modo de preparar: colocar ½ colher (chá) de folhas numa chávena com água a ferver. Abafar por 5 a 10 minutos e coar.
Posologia:
Tome uma chávena do chá duas vezes ao dia.
Contra indicação:
As grávidas devem evitá-lo.

Colesterol
Nome: Açafrão (Curcuma longa). Parte usada: raiz
Indicação: o complexo fitoquímico da planta confere-lhe actividade antioxidante e anti-inflamatório. Estudos indicam que ele age sobre o metabolismo lipídico, reduzindo o colesterol ruim e os triglicerídeos e favorecendo o aumento do HDL.
Modo de preparar: colocar ½ colher (chá) da raiz triturada numa chávena de água a ferver por 5 minutos. Abafar por 5 a10 minutos e coar.
Posologia: tome 1 chávena do chá duas vezes ao dia.
Contra indicação: o uso não está indicado para as pessoas portadoras de cálculos ou obstrução biliar. Evitar durante a gravidez e lactação.

Hipertensão
Nome: Colônia (Alpinia speciosa). Parte usada: folhas
Indicação: seu óleo essencial age directamente sobre o músculo liso vascular, diminuindo a pressão nos vasos, o que justifica a sua acção hipotensora. A erva tem efeito diurético, anti-inflamatório, analgésico e sedativo.
Modo de preparar: colocar 172 colher (chá9 de folhas numa chávena com água a ferver. Abafar por 5 a 10 minutos e coar.
Posologia: procure tomar uma chávena do chá pelo menos três vezes ao dia.
Contra indicação: Não foram encontradas evidências de risco no seu uso.

GRIPES E RESFRIADOS

Febre
Nome: Cebolinha (Allium Fistulosum). Parte usada: bulbo fresco.
Indicação: contém diversos compostos antioxidantes, como os flavonoides e as saponinas, substâncias sulfuradas, como a alicina, além de vitaminas e sais minerais.
  (... continua) 
topo
questões ao autor sugerir imprimir pesquisa
 
 
Flor de Lótus
Copyright © 2004-2017, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®