Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Introdução
Arte
Biografias
Agenda
Notícias
Loja
Directório
Pesquisa
Marco Histórico §
Guia de Sânscrito
NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
As personagens mais marcantes da história da humanidade reconhecem-se, pela sua criatividade interior, que impressiona e serve como farol aos que neles encontram o ideal espiritual.

pág. 1 de 4
Nicholas Roerich

de Spiritus Site

em 20 Nov 2012

  Vinte e uma nações assinaram um tratado garantindo a protecção dos museu, universidades, catedrais e livrarias que tremularam sob a bandeira da Paz que Nicholas desenhou. Teve o apoio veemente de Albert Einstein, H.G. Wells e Bernard Shaw. Este maravilhoso Guerreiro da Luz cresceu para se tornar um artista, explorador, autor, cientista, filósofo e pacifista mundialmente conhecido. Depois de estudar na Rússia, prosseguiu os seus estudos em Paris, e viajou através da Europa. Possuía uma memória fora do comum. Casou-se com Helena e tiveram 2 filhos: Yuri e Svetoslav, pintor como o seu pai. A obra de Nicholas consta de seis mil pinturas, frescos em Igrejas e Edifícios Públicos, desenhos para mosaicos e motivos arquitectónicos. Realizou a pintura de cenários e figurinos de várias óperas: de Wagner, Moussorgsky, Borodin, Rimsky-Korsakov. Ibanez e Maeterlinck. Trabalhou com Igor Stravinsky na “Sagração da Primavera” que teve a coreografia de Vaslav Nijinsky e música e argumento de Roerich, também criador do cenário e figurinos, onde a sua criação foi baseada no leitmotiv.

Nikolai Konstantinovich Roerich (§) como é pronunciado em russo, ou como o conhecemos no ocidente, na grafia inglesa. Nicholas K. Roerich nasceu em S. Petersburgo, Leninegrado, Rússia, em 09 de Outubro de 1874 e fez a sua passagem em 13 de Dezembro de 1947. Seu pai, Konstantin Roerich, casou-se e, 1860 com Maria Vasilievna Kalashnikova, com quem teve Lídia, Nicholas, Boris e Vladimir. Foi baptizado na Igreja Ortodoxa Russa com as vantagens de manter contacto com escritores, artistas e cientistas que sempre visitaram a sua família.

Nicholas foi um pintor, escritor, historiador, poeta e professor espiritual, líder intelectual e mensageiro dos Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca. Educado no seio de uma família apologista da paz, interessava-se por literatura filosofia, arqueologia e, especialmente, por arte. A família de seu pai era de origem escandinava, e o seu sobrenome que significa “rico em glória” remonta aos Vikings. Um dos primeiros Roerich foi cavaleiro templário do séc. XIII, outros foram líderes políticos e militares, incluindo o oficial sueco que lutou na campanha russo sueca contra “Pedro o Grande”. Os seus descendentes, guardando a fé luterana, estabeleceram-se no noroeste da Rússia.

Já na juventude, Nicholas mostrou ter muito interesse e talento para várias actividades. Quando tinha 9 anos de idade, um famoso arqueólogo veio para conduzir uma exploração na região e levou o jovem Roerich para as escavações do túmulo local. A aventura de desvendar mistérios de esquecidas eras com as suas próprias mãos, acenderam-lhe um interesse pela arqueologia que duraria para a vida inteira. Através de outros contactos, ele desenvolveu interesse em coleccionar artefactos pré-históricos, moedas e minerais, e construiu o seu próprio herbário para estudos de plantas e árvores.

Ainda muito jovem, Roerich mostrou uma particular aptidão para o desenho, e quando atingiu a idade de 16 anos, começou a pensar entrar para a Academia de Arte e seguir a carreira de artista.
O seu pai não considerava a pintura como sendo a vocação ideal para um responsável membro da sociedade, portanto, insistiu que o seu filho seguisse os seus passos nos estudos da lei. O compromisso foi atingido e, em 1893, Nicholas registou-se simultaneamente na escola de Direito da Universidade de S. Petersburgo, na faculdade de História e Filologia, na Academia de Artes e no Instituto de Arqueologia.

Quando menino, Nicholas ficou cativado pela história de um viajante sobre Rigden Djapo, soberano de um rei místico, em Shambāla nos Himālayas (§). Estas lendas antigas contam sobre um tempo de problemas no futuro, quando Rigden Djapo reunisse os seus guerreiros de Luz e lutasse a vitoriosa batalha sobre o mal. Então uma nova era de paz começaria. Durante a sua vida completou cerca de sete mil trabalhos de arte. Não só Nicholas Roerich era um corajoso explorador e um talentoso artista, como também um líder mundial em muitas profissões. Ele era um cientista que escreveu cerca de 30 livros e foi nomeado duas vezes para o prémio Novel da Paz pela Universidade de Paris, pelo seu trabalho de preservação cultural de instituições e monumentos históricos durante o tempo da guerra.

A Bandeira da Paz
Vinte e uma nações assinaram um tratado garantindo a protecção dos museu, universidades, catedrais e livrarias que tremularam sob a bandeira da Paz que Nicholas desenhou. Teve o apoio veemente de Albert Einstein (§), H.G. Wells e Bernard Shaw. Este maravilhoso Guerreiro da Luz cresceu para se tornar um artista, explorador, autor, cientista, filósofo e pacifista mundialmente conhecido. Depois de estudar na Rússia, prosseguiu os seus estudos em Paris, e viajou através da Europa. Possuía uma memória fora do comum. Casou-se com Helena e tiveram 2 filhos: Yuri e Svetoslav, pintor como o seu pai.
  (... continua) 
topo
questões ao autor sugerir imprimir pesquisa
 
 
Flor de Lótus
Copyright © 2004-2017, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®