Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Introdução
Sagrados
Sugestões de Leitura
Especiais
Agenda
Notícias
Loja
Directório
Pesquisa
Marco Histórico §
Guia de Sânscrito
NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
pág. 3 de 3
Festival de Wesak

de Teosofia

em 03 Mai 2015

  (...anterior) Que o meio para se obter a cessação do sofrimento é percorrer o Nobre Caminho Óctuplo em que se expressa: a crença recta, o pensamento recto, a palavra recta, acção recta, os meios de subsistência rectos, a concentração recta, a meditação recta e a contemplação recta.
Homens e mulheres do mundo, guiados em uníssono pela Chama de Buda, que trouxe a Luz do Oriente, e por Cristo, que revelou a Luz ao Ocidente, podem pedir e evocar uma bênção e revelação espiritual tão intensas, que num futuro imediato poder-se-á manifestar, aquilo a que a humanidade tanto aspira, o que os Anjos (§) cantaram em Belém: “Paz na Terra e boa vontade entre os homens”. Desta maneira, podemos introduzir uma Era de Fraternidade Universal e uma compreensão que permitirá ao homem dispor de mais tempo, para se dedicar à busca do seu Deus interior.
Ensinamentos da Antiga Sabedoria consideram Wesak o momento mais significativo do ano, quando um real evento celestial ocorre e se manifesta sobre a Terra. Considera-se que o Festival de Wesak, seja um tempo em que o próprio Deus, transmitindo através de Buda e de Cristo, envia a sua bênção para a Terra. Durante séculos tem sido celebrado na Índia e sempre ocorre na Lua Cheia de Buda. Durante esse tempo, a humanidade pode se alinhar completamente com forças espirituais, que não estão à disposição noutras ocasiões do ano. A força dessa bênção nos estimula espiritualmente e nos deixa mais preparados para servir completamente o Plano Divino.
O Buda corporificou o Princípio de Luz e, devido a esta iluminação, a humanidade foi capaz de reconhecer o Cristo, o qual corporificou o Princípio de Amor, ainda maior.

O Wesak é um momento especial, pois renova as nossas forças no sentido de acelerar a nossa própria Iluminação, e o ápice desse momento é quando a Lua Cheia de Maio surge no céu, trazendo energia adicional e luminosa a cada pessoa, que de coração puro se propõe a renascer em si mesma, como a ave FENIX renasce com novas qualidades. A Lua Cheia de Touro é considerada como um dos momentos mais importantes do ano, porque se estabelece uma relação muito especial entre a Terra, o Sistema Solar, a nossa Galáxia e o Universo. As cerimónias realizadas pelos Mestres e discípulos durante a Lua Cheia, criam um grande campo electromagnético, o que permite invocar, receber e assimilar essas energias em todos os planos.

Buda já nos está a preparar, para mais uma Bênção de Iluminação. Na Lua Cheia de Touro, também chamado o Festival da Iluminação, comemora-se a Iluminação de Buda, e diversos grupos do mundo inteiro param as suas actividades quotidianas, para se reunirem em meditação, a fim de reforçarem a aspiração de ascensão espiritual.

O Festival de Wesak é um momento poderoso de intenso serviço espiritual, feito da Humanidade a Deus, e de Deus para a Humanidade, através de Buda e de Cristo. Durante os 8 minutos dessa celebração, o universo inteiro faz uma ligação, unindo a humanidade com a Fonte da nossa criação, a que chamamos Deus. Os efeitos espirituais permanecem até ao próximo Festival de Wesak.
Disse o Buda:

"Se alguns dizem que o nirvana é aniquilação do Eu, dizei-lhes que mentem. Se alguns ensinam que o nirvana é a vida separada, dizei-lhes que se enganam. Porque ignoram a verdade, não vêem a luz que brilha das suas rotas (§) lamparinas e não sabem que a felicidade está fora da existência e do tempo".
Texto de Manuel Cavaco Nunes
   
topo
questões ao autor sugerir imprimir pesquisa
 
 
Flor de Lótus
Copyright © 2004-2017, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®