Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Introdução
Sistemas Religiosos e Filosóficos
Agenda
Notícias
Loja
Directório
Pesquisa
Marco Histórico §
Guia de Sânscrito
NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
pág. 8 de 11
Por fora e por dentro

de Ajahn Jayasaro

em 14 Mar 2019

  (...anterior) Nesta última acepção, o Vinaya enforma textos, costumes e convenções que defendem a redução da avidez, do ódio, e da ilusão nas comunidades, e encorajam o desenvolvimento da justiça, da paz e da harmonia.
Os estudantes dos textos budistas fundamentais deparam-se com um grande número de ensinamentos que lidam com a dimensão social do Dhamma. Esta área do Budismo tem sido provavelmente negligenciada pelos escritores ocidentais, que se têm interessado mais pelos ensinamentos de meditação. Ao desejarem um Budismo livre da “bagagem cultural” asiática, acabam, por vezes, numa visão incompleta e reducionista do Dhamma-Vinaya.
Para sermos justos, temos de admitir que os chefes das nações do Budismo moderno têm caído no mesmo erro. Na Tailândia, os deuses do mercado livre têm vindo a exercer muito mais influência, do que os princípios do Vinaya. Os ganhos a curto prazo são geralmente vistos como sendo objectivos mais práticos e recompensadores, do que os de bem-estar a longo prazo.

Quanto tempo é preciso para alcançar a iluminação? (33)
Esta questão tem de ser respondida usando uma velha história:
Um monge viaja pelo interior. Pergunta a uma velhinha sentada na berma da estrada, quanto falta para chegar à montanha. Ela ignora-o. Ele pergunta de novo, e novamente é ignorado por ela. E o mesmo acontece pela terceira vez. O monge assume que a mulher deve ser surda. Ao recomeçar a andar, ouve ela a gritar-lhe: ”Sete dias!” Ele retorque-lhe: “ Avozinha, eu tinha-lhe feito essa pergunta por três vezes, e ignorou-me. Porque é que esperou que eu voltasse a caminhar para me gritar a resposta?” A idosa senhora disse: “ Antes de lhe poder responder, tinha de ver qual a velocidade do seu andar, e a determinação que aparentava ter.”
Os budistas que estão convictos que existe algo chamado iluminação, que têm potencial para o alcançar, e que seguem a via para essa realização, dedicam pouco tempo a especular sobre o tempo que é necessário para o alcançar. Sete dias, sete meses, sete anos, sete vidas – qualquer que seja o tempo que leva não há outro caminho.

Resumidamente o que é a lei do kamma? (34)
O Buda disse que a essência do Kamma é a intenção. A lei do kamma exprime a dimensão moral da lei da causa e efeito. Qualquer acção intencional realizada pelo corpo, fala, ou mente produz resultados de acordo com essa intenção. Posto de forma mais simples: as boas acções têm bons resultados; as más acções têm maus resultados. As acções provocadas por estados mentais tóxicos enraizadas na ganância, ódio e ilusão contribuem para um sofrimento futuro. As acções que provêm da sabedoria e da compaixão contribuem para a felicidade futura.

Tudo quanto acontece na vida está destinado a acontecer, ou será que existe o chamado livre arbítrio? (35)
O Buda rejeitou a crença de que tudo quanto existe na vida está predestinado, pré ordenado por um poder sobrenatural. Também encorajou os seus discípulos a verem como uma ideia baseada no exercício de livre arbítrio desaparece perante uma análise profunda da mente e do corpo.
Consoante os momentos da vida, a experiência ganha um tom diferente: agradável, desagradável ou neutro. Ao não usarmos a concentração e a sabedoria, reagimos ao agradável com apego, ao desagradável com rejeição, e ao neutro com negligência. Desta forma, a nossa vida é largamente determinada pelas reacções habituais ao material em bruto que experimentamos. Com concentração e sabedoria, reconhecemos o tom efectivo da experiência tal como é, mas tomamos decisões baseadas num critério mais inteligente. Desta forma, poder-se-á conhecer uma certa libertação do que é oferecido.

Por favor exemplifique os trabalhos da lei do kamma. (36)
Todos os dias realizamos tantos actos provenientes da vontade, a nossa vida é um fluir de volições tão complexo, que o efeito de qualquer acto específico é raramente óbvio.
  (... continua) 
topo
questões ao autor sugerir imprimir pesquisa
 
 
Flor de Lótus
Copyright © 2004-2019, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®