Fundação Maitreya
 
O Mel e a Canela

de Spiritus Site

em 02 Nov 2008

  O Mel é um alimento, geralmente encontrado em estado líquido viscoso e açucarado, que é produzido pelas abelhas a partir do néctar recolhido de flores e processado pelas enzimas digestivas desses insectos, sendo armazenado em favos em suas colmeias para servir-lhes de alimento durante o inverno. Existem outros insectos que também o produzem em menor quantidade não sendo explorados economicamente. É da energia do sol, das virtudes das plantas e do trabalho das abelhas que surge este alimento precioso.


MEL
História
O mel é utilizado pela humanidade desde a pré-história. De acordo com a obra de Eva Crane, Honey, a Comprehensive Survey, há informações de que os sumérios, que se estabeleceram na Mesopotâmia por volta de 5000 a.C., já usavam o mel como fonte de alimento. Por vários séculos foi retirado dos enxames de forma extractivista e até mesmo predatória, Entretanto, com o tempo, o homem aprendeu as técnicas de manejo dos enxames de forma que houvesse maior produção de mel sem causar prejuízos ambientais, dando origem assim à apicultura. Várias civilizações consideravam o mel como um alimento de excelência, sendo também considerado um símbolo de riqueza e de poder, usado com fins terapêuticos, e durante milhares de anos foi o adoçante universal, existindo inúmeras referências em pinturas rupestres e em manuscritos do antigo Egipto, Mesopotâmia, Grécia, Israel e Roma. Nas pirâmides dos faraós, foram encontrados, entre vários tesouros, mel no estado cristalizado tendo-se demonstrado que, mesmo depois de três milénios, o mel das tumbas da antiga realeza egípcia ainda poderia ser utilizado para consumo, constatando-se, assim, o seu longo estado de conservação, embora tivesse perdido algumas de suas propriedades.

Variedades de Mel
Existem dezenas de variedades de mel de abelhas que podemos obter: segundo a floração, os terrenos de obtenção ou ainda segundo as técnicas de preparação. Dessa forma variam em cor, (indo do branco incolor, amarelo ao castanho) aroma e sabor principalmente. Outra característica marcante em alguns méis é a consistência líquida ou endurecida que poderá apresentar quando armazenado em recipiente, sendo de igual qualidade sob esse aspecto.
Composição e Uso
Além de ser utilizado como adoçante, o mel sempre foi reconhecido devido às suas propriedades terapêuticas. De um modo geral, o mel é constituído, na sua maior parte (cerca de 75%), por hidratos de carbono, nomeadamente por açúcares simples (glicose e frutose). O mel é também composto por água (cerca de 20%), por minerais (cálcio, cobre, ferro, magnésio, fósforo, potássio, entre outros), por cerca de metade dos aminoácidos existentes, por ácidos orgânicos (ácido acético, ácido cítrico, entre outros) e por vitaminas do complexo B, por vitamina C, D e E. O mel possui ainda um teor considerável de antioxidantes (flavonóides e fenólicos). Devido ao seu teor de açúcares simples, de assimilação rápida, o mel é altamente calórico (cerca de 3,4 kcal/g), pelo que é útil como fonte de energia.

O mel é também usado externamente devido às suas propriedades anti-microbianas e anti-sépticas. Assim, o mel ajuda a cicatrizar e a prevenir infecções em feridas ou queimaduras superficiais. O mel é também utilizado largamente na cosmética (cremes, máscaras de limpeza facial, tónicos, etc.) devido às suas qualidades adstringentes e suavizantes.
Juntamente com o mel, as abelhas produzem outros importantes produtos a saber a cera, a geleia real, Pólen e Própolis.

Geleia Real
É uma secreção obtida pelas abelhas jovens. Esse “leite de abelha” é o alimento exclusivo de todas as larvas, e da Abelha-Mestra ou Rainha durante toda a sua vida. Tem pelo menos, 15 sais minerais diferentes, sendo considerado o SUPER ALIMENTO.
Indicações:
Arteriosclerose; úlceras externas e de aparelho digestivo; ansiedade, anemia, anorexia; asma; artrites; fonte de cálcio; renovador e tonificador dos tecidos da pele; redutor de colesterol e de diabetes, combate o stress e a fadiga; regularizador das funções do sistema nervoso, cardiovascular, dos rins e do fígado; auxiliar do desenvolvimento físico e mental da criança; longevidade; auxiliar na potência sexual

Pólen
É o princípio masculino das plantas. Depois de recolhido é comprimido juntamente com o néctar e enzimas, para armazenamento das abelhas. Também é considerado um SUPER ALIMENTO e SUBSTÂNCIA COMPLETA, pois contém tudo o que é necessário para manter o indivíduo adulto. Contém cerca de 40% de aminoácidos, 20 a 30% de vitaminas (C e B entre outras), enzimas, sais minerais, alguns lípidos e hidratos de carbono.
Indicações:
Reforçador de memória; normalização das funções hepáticas; combate o stress, a fadiga intelectual e física; fonte de cálcio; regularizador das funções do sistema nervoso, da tensão arterial, do aparelho digestivo e intestinal; infecções da próstata; auxiliar do desenvolvimento físico e mental da criança.

Própolis
O Própolis é obtida pelas abelhas a partir de resinas retiradas principalmente de secreções de árvores, quando destas se quebra algum galho. Dessa forma a árvore se protege com um produto natural com poder bactericida e a abelha reprocessa essa seiva originando o Própolis. Esta é utilizada pelas abelhas para duas finalidades principais: vedar a colmeia de maneira a não entrar água, vento ou outro animal; e serve também para mumificar outros insectos que penetrem na colmeia e que são eventualmente mortos.
Própolis, pela sua riqueza é considerado um ANTIBIÓTICO NATURAL, por possuir poder bactericida, possuindo também grandes propriedades energéticas, cicatrizantes regeneradoras e um excelente conservador e regenerador dos tecidos celulares.
O mel também existe misturado com Propólis, em rebuçados, ou em xarope. Ainda se apresenta em spray, sem gás nocivo, para as afecções da boca e garganta.
Indicações:
Tumores malignos, tuberculose; eczemas, feridas; infecções micóticas, dos brônquios e intestinais; queimaduras, aftas, herpes; amigdalites, faringites, rouquidão, tosse, sinusite; vaginites, cervicite, corrimento, prostatite; colesterol, diabetes e hipoglicémia.
Todas as embalagens de mel e outros produtos devem ser conservadas bem fechadas, em local seco e abrigadas do calor e da luz solar.
Uma bebida fermentada a partir do mel e água é denominada hidromel.
Prepare-se bem para o Inverno e abasteça-se com mel e seus outros complementos!

As vantagens das misturas de mel com canela)

Canela em pau
A melhor canela vem do Sri Lanka, no sul da Ásia, de onde é nativa, porém há cultivos da planta em Tellicherry em Java, Sumatra, Caraíbas, Brasil, Vietname, Madagascar, e Egipto. A canela do Sri Lanka possui qualidade fina e tronco macio, com cor castanho amarelado, forte fragrância, gosto levemente adocicado, quente e agradável paladar aromático. Seu paladar é devido a um óleo aromático que contém cerca de 0,5 a 1% de perfume. Esse óleo essencial, como artigo comercial, é preparado retirando-se parte da casca do tronco, macerando-a em água do mar e rapidamente destilado. Possui uma coloração amarelo-dourada, com peculiar aroma de canela e paladar quente aromático. Consiste essencialmente de aldeído cinâmico e a absorção do oxigénio com o passar do tempo deixa-o mais escuro, desenvolvendo um composto em resina. A canela é a especiaria obtida da parte interna da casca do tronco. É muito utilizada na culinária como condimento e aromatizante e na preparação de certos tipos de chocolate e licores.
História da especiaria
A canela é conhecida desde a antiguidade e foi tão valorizada que era considerada um item a ser presenteado a monarcas e outros dignitários. No início do século XVI era trazida por comerciantes portugueses directamente do Ceilão (actual Sri Lanka, no sul da Ásia), chegando um quilograma a valer dez gramas de ouro. O comércio português no Oriente foi perdido progressivamente para a Companhia das Índias Orientais, holandesa, que se assenhoreou dos entrepostos portugueses na região a partir de 1638.

Na medicina
Estudos da Associação de Medicamentos dos Estados Unidos (USDA) indicam que o uso de canela na quantidade de uma colher de chá diariamente reduz significantemente o açúcar no sangue e melhora a taxa de colesterol (LDL e triglicerídeos). Os efeitos, que podem ser conseguidos ao utilizar canela em chás, beneficiam também diabéticos. Não se sabe ao certo se o consumo de canela é efectiva no combate à hipertensão arterial. Há três estudos em andamento monitorizando a questão do efeito na pressão sangüínea.[carece de fontes?] Na medicina, empregada como os óleos destilados, é conhecida por “curar” resfriados. O sabor e aroma intensos vêm do aldeído cinâmico ou cinamoaldeído.
Obtido em "http://pt.wikipedia.org/wiki/Cinnamomum_zeylanicum"
Categorias: Especiarias | Lauraceae | Plantas medicinais
Categoria oculta: !Artigos que carecem de fontes
   


® http://www.fundacaomaitreya.com

Impresso em 20/6/2019 às 13:36

© 2004-2019, Todos os direitos reservados