Fundação Maitreya
 
Frutos Secos

de Maria

em 22 Set 2015

  Os frutos secos são sementes de diversas plantas e árvores, que têm a característica culinária de poder guardar-se por largo tempo. Por isso se denominam frutos secos, embora na realidade não são secos, porque conservam ao máximo a sua frescura. Eles são alimentos completos e uma excelente fonte de fibra, vitamina E, magnésio, zinco, selénio, cobre, potássio, fósforo, biotina, riboflavina e ferro. Para além disso, os frutos secos são muito ricos em ácido fólico e por isso estão recomendados para prevenir doenças e contêm muitas outras substâncias como ácido elágico, flavonóides, compostos fenólicos e luteolina. Em comparação com outros alimentos são ricos em óleos e gorduras.

Amêndoas

É provavelmente o fruto seco mais conhecido em todo o mundo e também um dos mais apreciados. A amêndoa provém de um arbusto, a amendoeira, integrante da família das rosáceas. Esta árvore viceja nos climas temperados, predominante nos países mediterrâneos. Portugal, Espanha, Irã, Afeganistão e Austrália são países produtores de amêndoa. A amêndoa também se desenvolve nos Estados Unidos.

É de inconfundível sabor e tem uma boa capacidade de conservação. Ao nível nutricional é muito considerável a sua quantidade de proteínas de excelente qualidade biológica contendo, cálcio, potássio, ferro, fósforo e magnésio. A amêndoa deveria fazer parte de todas as dietas, e exerce especial protecção ao nível cardíaco.

A amêndoa tem um potencial energético apreciável, ou seja, 100 gramas de amêndoas contém 589 calorias, um pouco menos que as nozes e tal como estas, a amêndoa possui vitamina E, ácido fólico e arginina, um aminoácido prescrito para o relaxamento dos vasos e o equilíbrio da pressão arterial.
As amêndoas detém uma substância conhecida como gordura monoinsaturada, ideal para uma boa circulação sanguínea, a normalização do colesterol e a diminuição dos radicais livres, pois tem um alto potencial antioxidante.

Avelãs

As avelãs são originárias da Eurásia e actualmente são cultivadas em sua maioria na Turquia. É um dos frutos secos que contém menor quantidade de gorduras, no entanto, ganham ranço com facilidade o qual deriva por vezes de mau armazenamento.

A avelã é composta de vários nutrientes, entre eles uma porcentagem de água, 17,4g de proteínas, 62,6g de gordura, 7,2g de hidratos de carbono, 1,3g de minerais, 3,17g de celulose, 0,460 mg de vitamina B1, 0,265 mg de caroteno, 6,0 mg de vitamina C, 682 kcal de calorias.
Sendo rica em proteínas e gorduras o consumo de 15 a 20 avelãs pode fornecer os nutrientes de uma refeição integral. Estão especialmente recomendadas na dieta de diabéticos e de pessoas que querem emagrecer, Como a avelã traz em si igualmente a vitamina B9 ou ácido fólico, ela é prescrita para um melhor desempenho da memória, contra a pressão alta e no tratamento de anemias.

Pistachos

Os pistachos são um fruto seco originário do Irão que é o seu principal produtor. Têm uma semente de cor verde e depois de colhidos ficam largo tempo ao sol para que sequem e amadureçam, momento em que as casacas abrem naturalmente. No seu valor nutricional são bastante ricos em fósforo e potássio, tendo também uma substância denominada ácido oxálico, razão porque devem ser comidos com moderação.

Estão repletos de nutrientes essenciais e contêm elevados níveis de magnésio e de vitaminas, tais vitamina B6 vitamina A e Vitamina E, que fortalecem o sistema imunitário e que fornecem gorduras boas, que ajudam a proteger o coração. Contêm óleos ómega que reduz as inflamações, proteínas, fibras e que ajudam a equilibrar os níveis de açúcar no sangue.
Sementes de girassol

São um alimento excelente, não só pela sua composição em gorduras, ricas em ácido linoleico, mas também porque são um dos frutos secos com maior quantidade de proteínas. As sementes de girassol têm uma boa ligação entre ácidos gordos saturados e polinsaturados – ómega 3 e 6, e são um excelente alimento para o cérebro pelo seu alto conteúdo em fósforo e magnésio. A semente também contém fibras, potássio, magnésio, cobre, fósforo, selénio e uma excelente fonte de vitaminas E, B e A.

As vitaminas do complexo B, auxiliam ao bom desempenho do cérebro, e a vitamina E colabora com a acção antioxidante. O magnésio ajuda no processo de relaxamento muscular e o alto teor de fibras auxilia no funcionamento intestinal e dá a sensação de saciedade, o que causa um efeito benéfico para o emagrecimento

Pinhões

Os pinhões são as sementes dos pinheiros, nativos da região mediterrânea e seu elevado preço deve-se à dificuldade da sua recolha. Para conservar as suas qualidades nutricionais devem ser consumidos crus e ligeiramente tostados. Estas sementes altamente insaturadas alteram o sabor com facilidade se as condições de conservação não forem adequadas. São os frutos secos que contêm maior quantidade de proteína, pelo que são muito aconselhados para dietas vegetarianas.
Os pinhões são uma grande fonte de ferro, nutriente essencial para muitos processos do organismo incluindo a circulação do sangue. Contém cobre que ajuda a absorver melhor o ferro e ainda fibras, proteínas, carboidratos, e outros minerais importantes como potássio, cálcio e zinco. São ricos em vitamina E, vitamina K e manganês que ajuda o sistema cardiovascular.

Nozes

As nozes são consideradas como um bom alimento para o cérebro. Trata-se do fruto de uma árvore e existem variedades diferentes na Europa, China e América do Norte. Nutricionalmente são ricas em potássio, zinco, magnésio, tiamina, vitamina B6, niacina e contém uma boa proporção de ácidos gordos polinsaturados que as fazem um excelente alimento para o controlo do colesterol. Possui propriedades anti-inflamatórias. É rico em vitamina E, e em selénio excelente antioxidante, bem como ajuda a prevenir doenças, tal o cancro ou edemas pulmonares. A noz contribui para manter o bom funcionamento do cérebro e ajuda a produzir glóbulos vermelhos.

Contém também, ómega-3 e 6, vitaminas C e arginina, um aminoácido. É bastante calórico, cerca de 698 kcal em 100g. Os seus benefícios estão comprovados no controlo da pressão arterial, na redução da taxa de colesterol e na cicatrização.

Castanhas-do-Brasil

(Conhecidas como nozes do Brasil ou ainda Castanhas da Índia)

Tem um alto concentrado de gorduras pelo que se recomenda guardá-las numa parte baixa do frigorífico. São bastante ricas em ferro, zinco, fósforo e em cálcio. Contém selénio, vitaminas B1, e vitamina E, importantes antioxidantes que combatem o envelhecimento precoce e previne algumas doenças. Pela sua qualidade nas gorduras, em duas unidades encontramos aproximadamente 11g., as quais são chamadas “boas, e que ajudam a diminuir o colesterol ruim (LDL) e a aumentar o “bom” (HDL. Contém ainda fibras essenciais para o bom funcionamento dos intestinos.
   


® http://www.fundacaomaitreya.com

Impresso em 25/6/2017 às 1:14

© 2004-2017, Todos os direitos reservados