Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Bem-vindo
   Missão
   Agenda
   Notícias
   Loja
   Directório
   Pesquisa
   Marco Histórico §
   Guia de Sânscrito
   NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
Marco Histórico - Saberes
Para saber o significado da palavra desejada, clique sobre a primeira letra.
A B C D E F G H I J K L M N O
P
Q R S T U V W X Y Z
P
  • Partenon - Na Acrópole Ateniense foi construído e reconstruído pelo menos três vezes um templo dedicado à deusa Atenea, tutelar da cidade e encarnação conceptual da inteligência. O terceiro foi destruído por Jerjes em 480 a.C., quando os persas devastaram Atenas no decurso da segunda Guerra Medica. Fontes referem que antes da batalha de Platea (479 a.C.) os gregos tinham jurado no campo de batalha, não reconstruir mais o Partenon para que ficasse como testemunho da impiedade dos bárbaros. O certo é que perante a paz de Calias (449 a. C.) os atenienses iniciaram as obras, do que seria um grande exemplo do templo clássico. Ictino e Calícrates assumiram a direcção arquitectónica, com Fidias como responsável da ordenação geral do conjunto.
    Entre os frisos que decoram o Partenon destacam-se os referentes a gigantes, as amazonas e os centauros.


  • Plêiades - As plêiades são um aglomerado aberto de estrelas, também conhecido por M45 ou Sete Irmãs. Contêm mais de 500 estrelas (na sua maioria muito fracas) com aproximadamente 100 milhões de anos, aglomeradas há cerca de 400 anos-luz, sendo ainda muito jovens, intituladas mesmo de “recém-nascidas”.
    Situam-se na constelação de Touro, a uma distância de aproximadamente 425 anos-luz da terra e formam o aglomerado estelar mais brilhante do céu.
    Juntamente com as plêiades avista-se uma mancha esbranquiçada que consiste numa nebulosa de reflexão, resultante de uma nuvem molecular, que está a cruzar o caminho do aglomerado das plêiades, não fazendo portanto parte constituinte deste. Esta nuvem reflecte, no entanto, a luz das estrelas e a difunde ao seu redor ofertando um singular encanto ao aglomerado.
    Para os observadores do hemisfério norte, o aglomerado está acima e à direita de Orion.
    Muitas civilizações antigas têm deixado registos há cerca do papel das plêiades em suas culturas: na tradição Hindu chamam-lhe, “As chamas de Agni” (Deus do Fogo), no Japão intitulam-nas, “Subaru” (que significa reunindo-se, aglomerando-se), para os egípcios elas chamam-se, “Chu”, que representava a divindade Neith, a Mãe Divina.

    Vasco Gonçalves





  • Pré-Rafaelitas - A “Confraria Pré-Rafaelita” foi um movimento de artistas ingleses em 1848. Os três membros mais influentes foram Dante Gabriel Rossetti, John Everett Millais e William Holman Hunt, aos quais se junta mais tarde Edward Burne-Jones. A Escola Pré-Rafaelita envolve todo um programa artístico, espiritual e reformador após uma época marcante vitoriana, sendo por isso um movimento que recusa as regras académicas clássicas.
    Os Pré-Rafaelitas, inspiravam-se nos grandes artistas de todos os tempos até Rafael, pintor do século XV, e de onde deriva o nome da Escola. Mantiveram-se fiéis ao génio artístico italiano entre a época medieval e o Renascimento, e sob esta inspiração os Pré-Rafaelitas desencadearam uma regeneração na arte, organizada segundo belos princípios e com a suprema influência de Frei Angélico e de Botticelli.


Flor de Lótus
Copyright © 2004-2017, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®