Fundação Maitreya
 
A Cidade Inteligente do Futuro

de Lubélia Travassos

em 26 Fev 2023

  O início do ciclo, a tão falada e aclamada, Era de Aquário, um ciclo de 2160 anos com a frequência do elemento Ar. A Visão, a Evolução, a Tecnologia regulada, aliada equilibradamente com a Humanidade e com o equilíbrio da Natureza. A Comunidade, a Solidariedade, a Cooperação, a Fraternidade e a Liberdade. Era de Aquário: inovações tecnológicas e espírito de cooperação. Nos últimos 50 anos, a ciência avançou mais do que em todos os milhares de anos anteriores da existência da civilização. É espantoso constatar a velocidade com que novos inventos surgem, tornando obsoletos dispositivos que foram descobertos há bem pouco tempo. Será que os computadores e tecnologia têm o potencial de nos libertar da “tirania do dinheiro” e liberar a humanidade para uma vida espiritual, produtiva e muito mais feliz? A Tecnologia é para ser aproveitada. Há muito conteúdo bom a ser explorado e aprendido, para divertir também.

“Ensaio”

A Rede de Luz Planetária ilumina o Planeta

A transformação começa em nós mesmos e deve envolver também, as estruturas económicas, tecnológicas, políticas, sociais, culturais e, inclusive, religiosas. Tem que se ir ao âmago de tudo, a evolução deve ser colectiva, envolvendo toda a sociedade e todas a estruturas ecológicas e energéticas do planeta começando pela alquimia das mentalidades. O homem não pode ser um escravo da máquina, mas como ser mental e espiritual deve controlar todas as tecnologias e toda a matéria. Tirar partido das máquinas sem ser por elas dominado.

Escalada urbana pede digitalização dos serviços para melhorar a mobilidade urbana, serviços à população e a qualidade de vida para as chamadas cidades do futuro (Siemens)
A dimensão espiritual e a revolução tecnológica devem andar passo a passo e existir um equilíbrio perfeito entre eles. Desenvolver a ‘inteligência espiritual’ é essencial para navegar no novo formato do mundo...o nosso planeta já fala outro idioma: o digital. À revolução industrial (4G) segue-se a revolução digital (5G). Deve haver uma informação consistente e actualizada, mas é evidente que homens, empresas, grupos e nações têm-se que se adaptar e enquadrar / preparar, o melhor possível para puderem responder positivamente aos novos desafios, não vale a pena ignorá-los.
Será que podemos compreender o mundo à base da tecnologia? O homem tem que se harmonizar com a natureza. O ser humano deve servir-se da máquina e não ser por ela manipulado. Toda a sociedade deve ser regida por uma Ética Universal e regulada por Leis Justas, que equilibrem e harmonizem o capital e o trabalho. Promover uma transição mental, pacifica e sustentada entre o consumismo exagerado e a simplicidade. “O sábio evita o excesso em tudo, até mesmo na prática da moderação, e trata de ser “moderadamente moderado”

Compreendemos que muitas pessoas acolham com alguma apreensão o 5G. Devido também a alguma falta de informação…Estamos em plena evolução, um salto para o novo mundo, as novas energias sempre existiram, mas não tínhamos acesso a elas. Espera-nos o Novo!
As pessoas têm direito ao lazer, o trabalho e o descanso devem ser intercalados.
Os estudos capacitam-nos a fazer a transformação ambiental e tecnológica, colaborar para a criação de cidades mais inteligentes, cívicas, limpas, seguras, as cidades do futuro. Pessoas estão mais dispostas a pagar por serviços de cidades inteligentes, que apresentem soluções de segurança, sustentabilidade, saúde e mobilidade. As cidades inteligentes podem ser uma boa ideia, desde que sejam controladas por pessoas inteligentes, honestas e com princípios de ética, moral e cívica. Não poderemos obstaculizar o progresso / evolução, mas os direitos do homem devem ser respeitados. A ONU deve regular todo este processo de progresso mecanicista acelerado!

As novas tecnologias de informação, a ‘era digital’ e a implementação da nova geração da ‘5G’ não podem alienar a criatividade e a liberdade do pensamento humano. Devem existir leis que regulem, limitem e impeçam a absorção do homem pelas tecnologias. O Homem não se pode tornar escravo da máquina.
1 - Em tempo de pandemia através do ZOOM estamos ligados a todo o mundo teosófico. Temos assistido as várias reuniões com outros irmãos, que se conectam para assistir a palestras, seminários, simpósios, apresentação de livros etc.
2 - Durante o confinamento utilizou-se com muita frequência a Internet. O PC é um bom instrumento de trabalho, consulta e lazer.
3- Bons concertos - a música, a pintura e a cultura não têm pátria, são universais, tornam-nos mais sensíveis e humanos. “Onde há Cultura existe Paz” (Nicholas Roerich)
4 - Bons programas de televisão.
5 - Através dos electrodomésticos, temos a vida muito mais facilitada.
6- Fresco no verão aquecimento no Inverno.
7 - Através do telefone as pessoas conectam-se diariamente.
9 - A tecnologia é neutra o homem é que se serve dela para o bem ou para o mal. Uma faca tanto serve para cortar o pão como para matar.
10 -Através do correio electrónico os ensinamentos de Teosofia são rapidamente divulgados para todo o mundo.
12 - O moderno PowerPoint é um instrumento indispensável em qualquer palestra.

Quão confortáveis são as nossas vidas, hoje em dia, comparadas com aquelas que viveram nossos avós? Temos em casa água corrente, gás, eletricidade, TV, Internet; fora das habitações temos ecopontos, autocarros e táxis. Por todos os lados existem estruturas e mais dispositivos para nos proporcionarem conforto.
O Progresso desde que seja regulado por regras, normas e leis é sinónimo de Evolução. Dá emprego, pode ser utilizado na medicina, na educação, designadamente no teletrabalho e na telescola, etc.
As vacinas e outros modernos medicamentos só são possíveis com laboratórios modernos e tecnologicamente bem equipados.
A Ecologia Espiritual usa a moderna tecnologia.
A energia verde, carros eléctricos, descoberta do hidrogénio como energia limpa, recurso à energia eólica, solar etc.
Temos que viver o presente, no ‘Eterno Agora’, mas virados para novas ideias e para o futuro, senão paramos no espaço e no tempo. Viver é avançar, ousar, progredir, evoluir, ser feliz!
O Velho Mundo está a ruir, cabe ao homem ser criativo, inteligente, moderno e cooperativo na construção do Novo Mundo, sob as ruínas e fundamentos do velho. Da morte do velho homem nascerá o Novo Homem - A NOVA HUMANIDADE DA INTUIÇÃO profetizada por C. Jinarajadasa.
É fundamental que a actual competição usando a mente concreta egoísta deve dar lugar à Cooperação com a utilização da mente abstracta superior aliada à prática do altruísmo. O Corpo Causal deve ser no nosso foco da consciência se queremos desenvolver a intuição.
Neste novo estado de consciência o coração e o intelecto, as emoções e a razão se transformam em Discernimento, Inteligência Espiritual e Compaixão baseados no Amor e na Sabedoria, que têm origem na nossa Alma Espiritual (Buddhi).

"Os Objectos Materiais Devem
Servir a Vida, e Não o Contrário". C. Jinarajadasa


[Este ensaio foi directamente escrito aqui, neste espaço e destina-se ao Magazine de Filosofia Esotérica, 31 de Março de 2022. (MCN - MST)]
(Continua nos próximos números)

   


® http://www.fundacaomaitreya.com

Impresso em 24/3/2023 às 18:19

© 2004-2023, Todos os direitos reservados