Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Introdução
Sagrados
Sugestões de Leitura
Especiais
Agenda
Notícias
Loja
Directório
Pesquisa
Marco Histórico §
Guia de Sânscrito
NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
  Ordenar por:  
Artigos 1 - 5 de 36
  [1]  2  3  4  5  6  7  8  [Seguinte]
Baseado nos Yoga Sūtras de Patañjali Não poderia reeditar o “Tratado de Meditação” sem uma breve nota para sublinhar a importância espiritual desta obra, a qual com o decorrer dos anos se tornou para mim mais evidente. Os Yoga Sūtras de Patañjali, que se incluem na literatura filosófica e clássica da Índia, representam por si só, um guia para a demanda espiritual que contém, na sua profundidade, os requisitos fundamentais e imprescindíveis para o caminhar seguro, independente e consciente. Sem dúvida, esta obra aprofunda e sintetiza valores espirituais possíveis de realizar através de uma disciplina com base na Meditação, temática hoje em dia explorada por aqueles que sinceramente buscam o equilíbrio e a paz de espírito. Na presente edição, houve um aperfeiçoamento em todo o seu contexto e, embora se encontre diferente na configuração, o conteúdo essencial permanece; esperando continuar a merecer leitura atenta, no entanto, peço, compreensão para algumas falhas que ainda possam subsistir. Os Sūtras estão agora mais destacados e separados dos comentários, permitindo assim uma leitura mais directa e, também, a inserção na grafia original do sânscrito.
Data: 28 Mar 2022
Ler  Ler
A Escrita Perfeita - Sânscrito de Maria Ferreira da Silva
Esta obra tem a vantagem de proporcionar uma viagem no tempo através dos mitos, lendas, cosmologias, personagens notáveis, filosofias e religiões, mas também a si mesmo. A viagem completa-se nesta junção do religioso e mítico, num espaço geográfico vasto e peculiar com povos de características próprias e associados às forças da natureza, que moldam a Índia na sua magnitude humana e espiritual. É um facto, que desde a beleza arquitectónica dos templos, das artes, dos festivais religiosos, à prática da meditação num āśrama, tudo convida subtilmente à espiritualidade que qualquer peregrino aspira aceitar e experienciar. Fica aqui, o registo das mais belas viagens que a Índia nos oferece; a própria Língua, o Sânscrito como Escrita Perfeita, que nos leva também às mais recônditas paragens internas, para então realizar a verdadeira vida espiritual, que cada um pode encontrar no seu próprio coração.O Sânscrito tem esta qualidade quase mágica de elevar o pensamento, não por erudição, mas pela riqueza verbal que purifica a mente e refina a inteligência, fomentando a evolução espiritual, objectivo que faz parte do contexto para o qual esta língua foi criada. De facto, ela é muito completa, pois comporta elementos valiosos de superação humana no seu contexto superior, que é a Realização do Divino de forma inteligente.
Data: 30 Jan 2022
Ler  Ler
A Essência Exacta da Realidade de Baljita Nath Pandit
Abhinavagupta foi um dos mais proeminentes filósofos da Índia. Viveu entre os séculos X e XI da nossa era, em Cachemira a qual na época se encontrava num grande esplendor intelectual, cultural e espiritual. Além de filósofo metafísico era um grande místico e conhecedor das mais diversas correntes filosóficas-religiosas, que enriquem a Índia. Brāhmane erudito com uma vasta cultura tinha o conhecimento dos Vedas mas também do Budismo que já havia brilhado em Cachemira. Abhinavagupta, no entanto, seguiu a tradição shivaita, sistema não dualista e nesta forma expôs a sua vasta obra, sendo o Paramārthasāra, aquela que fundamenta os princípios básicos do “Shivaísmo de Kāshmir”. Abhinavagupta considerado um verdadeiro sábio, devido à sua concreta realização espiritual, tinha ao mesmo tempo, um completo conhecimento dos textos sagrados, das práticas e técnicas de Yoga, ao qual se aliavam as capacidades de transmitir o ensinamento suficientemente claro e lúcido. O fim último que se encontra na sua bela obra o Paramārthasāra é a obtenção da libertação por identificação com o Divino Absoluto. Fundou escolas e formou muitos discípulos à época em Cachemira.
Data: 12 Jan 2022
Ler  Ler
“Maitreya vem com a Ordem Espiritual de Portugal, Ordem de Mariz” foi um daqueles livros que teve o condão de despertar a consciência dos portugueses para as realidades espirituais, identificando-as com a própria História de Portugal. Alertou para a existência de um fio condutor entre o começo da civilização cristã, a fundação de Portugal e os dias de hoje. Este livro é, sem dúvida, um ícone da espiritualidade em Portugal. Ao longo destes últimos vinte anos, que marcam a primeira publicação deste livro, muitas outras contribuições foram sendo dadas, por tantos outros seres, com impulsos notáveis; este espaço de tempo é suficiente para se notar já a mudança de mentalidade do que comportava um ambiente fechado, baseado em conceitos mais materialistas ou em certo fanatismo religioso, para uma maior abertura a novas ideias e à liberdade espiritual. Afinal, estas duas realidades, material e espiritual, quando intrinsecamente ligadas e bem integradas, permitem assumir com maior consciência a própria vida, mais de acordo com a própria natureza humana e com a Natureza que nos rodeia. Registam-se melhorias em muitos campos, especialmente na área da saúde, já baseadas nos cuidados alimentares, tanto para a conservação do equilíbrio físico, como para a prevenção de doenças. Muitos são os que têm feito opção vegetariana. Também são notórios os cuidados na área da educação e na preservação ambiental e ecológica do planeta.
Data: 07 Set 2021
Ler  Ler
Na realidade, hoje o conceito de Deus está a mudar e a ajustar-se a uma humanidade que já atingiu determinada evolução espiritual feita ao cabo de milénios, onde foi principalmente conduzida através das religiões e filosofias, aperfeiçoando os aspectos mais primários ou rudimentares da natureza humana. Naturalmente, tendo o bem como premissa, era necessária a Fé baseada num modelo de perfeição para a ligação ao Divino - caso de Jesus e de Buddha os quais têm exercido maior influência, tanto no Ocidente como no Oriente - estando agora essa qualidade já realizada numa boa parte da humanidade. Cabe, então, prosseguir para essa Inteligência - Consciência mais elevada, através da própria inteligência de forma mais consciente. Cada um, com a sua própria inteligência pode chegar directa e pessoalmente a Deus, pois estes modelos (Jesus e Buddha) que nos serviram de impulso evolutivo na base da fé e do amor, encontram-se já assimilados nos seres mais evoluídos. Daqui em diante, justifica-se a vinda de novos exemplos, seja na ordem da religiosidade, da espiritualidade ou, até de contributos científicos que possam elevar, colectivamente, a mentalidade humana e desencadear mais inteligência. Deus é, sobretudo, uma Dimensão de Inteligência, e quando vier alguém mais integrado nessa Inteligência, então servirá de modelo para mais um impulso colectivo de Consciência.
Data: 16 Jul 2021
Ler  Ler
registos por página
  [1]  2  3  4  5  6  7  8  [Seguinte]
Flor de Lótus
Copyright © 2004-2022, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®