Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Introdução
Actividades
Agenda
Notícias
Loja
Directório
Pesquisa
Marco Histórico §
Guia de Sânscrito
NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
Apresentação do projecto de criação do Mosteiro Budista Theravada da Tradição da Floresta da Tailândia em Portugal.

pág. 1 de 1
Olhar em frente

de Amaravati

em 10 Out 2011

  "[...] Sobre o assunto de generosidade, um dos colaboradores mais significativos para a vida e o bem-estar de Amaravati, nesta última década, estará partindo em breve. Depois da Kathina deste ano, Ajahn Vajiro, que passou os últimos 10 anos vivendo em e ajudando a conduzir a comunidade de Amaravati, planeia seguir em frente.

Ajahn Vajiro chegou a Amaravati em 2001, a convite de Luang Por Sumedho e, no ano passado, um grupo em Portugal, formalmente, convidou-o para ajudar a estabelecer lá um mosteiro. Este convite surgiu na sequência de alguns anos do seu envolvimento no projecto, uma vez que, enquanto em Amaravati, Luang Por Sumedho pediu a Ajahn Vajiro para ajudar o grupo em Portugal, com a criação da estrutura jurídica para apoiar os monges naquele país. Quando o seu envolvimento começou no projecto, ele disse que ele próprio não tinha a intenção de ir morar para Portugal, no entanto, a vida é cheia de surpresas e a sua ligação com a comunidade budista Portuguesa provou ser uma colaboração muito frutuosa.
Ajahn Vajiro comprometeu-se a liderar a iniciativa por cinco anos. Luang Por Sumedho apoia o projecto, assim como os Anciãos do Conselho, aqui na Europa: além disso, ambos Luang Por Liem e Luang Por Anek, que visitaram recentemente Amaravati na Primavera, expressaram a sua aprovação também. Alguns dos bhikkhus Portugueses da nossa comunidade tencionam fazer parte deste desenvolvimento. Após a Kathina em Novembro deste ano, Ajahn Vajiro tem o compromisso de visitar a Nova Zelândia por seis meses. Com outros compromissos de ensinamento ao longo da sua agenda, Ajahn Vajiro pretende estar de volta ao Reino Unido no início de Julho de 2012. Depois, a partir do início do Vassa de 2012 (Julho), sua intenção é ficar a residir em Portugal. O Sangha de Amaravati deseja expressar a sua gratidão pelo espírito generoso e cheio de energia de Ajahn Vajiro, e por tudo o que tem contribuído para o bem-estar e desenvolvimento do mosteiro ao longo destes muitos anos - e não apenas para este mosteiro, mas para o comunidade budista em geral na Grã-Bretanha. Nós desejamos-lhe boa sorte. [...]"

Excerto da Newsletter de Outono de 2011 do Mosteiro Amaravati em Inglaterra.

ENGLISH
"[...] On the subject of generosity, one of the most significant contributors to the life and well-being of Amaravati over this last decade will soon be departing. Aft er this year’s Kathina, Ajahn Vajiro, who has spent the past ten years living at and helping to lead the Amaravati community, plans to move on.
Ajahn Vajiro arrived at Amaravati in 2001, at the invitation of Luang Por Sumedho and, last year, a group in Portugal formally invited him to help establish a monastery there. This invitation arose following a few years of his involvement in the project since, while here, Luang Por Sumedho had asked Ajahn Vajiro to help the group in Portugal with setting up the legal structure to support monastics in that country. When he began his involvement with the project he said that he was not intending to go and live there himself; however, life is full of surprises and his connection with the Portuguese Buddhist community has proved to be a very fruitful collaboration.
He has now undertaken to lead the initiative for five years. Luang Por Sumedho is supportive of the project, as are the Elders’ Council here in Europe: in addition, both Luang Por Liem and Luang Por Anek, who both recently visited Amaravati in the spring, expressed their approval too. Some of the Portuguese bhikkhus from our community plan to be part of this development. After the Kathina in November this year, Ajahn Vajiro has a commitment to visit New Zealand for six months. With other teaching engagements along the way he plans to be back in the UK by early July 2012. Afterwards, from the beginning of the Vassa of 2012, his intention is to be based in Portugal. The Amaravati Sangha wishes to express its gratitude for the gift of Ajahn Vajiro’s generous and energetic spirit, and for everything that he has contributed to the well-being and development of the monastery over these many years – and not just for this monastery but for the whole Buddhist community in Britain. We wish him well. [...]"
www.amaravati.org/abmnew/downloads/pdf/Looking_Ahead_Autumn_2011_A4_web_1.pdf
   


topo
questões ao autor sugerir imprimir pesquisa
 
 
Flor de Lótus
Copyright © 2004-2017, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®