Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Introdução
Sagrados
Sugestões de Leitura
Especiais
Agenda
Notícias
Loja
Directório
Pesquisa
Marco Histórico §
Guia de Sânscrito
NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
Em Especiais encontrarão temas que pela sua profundidade, merecem distinção e como tal são jóias preciosas para se guardar religiosamente no coração.

pág. 1 de 3
A evolução humana e cósmica

de Alice Bailey

em 28 Jan 2017

  As Iniciações tanto maiores quanto menores acontecem quando o Ser humano tem a capacidade de emitir a vibração adequada e necessário ao plano que corresponde a uma nova Iniciação. As iniciações fazem parte da evolução cósmica e começa para o ser humano com a individualização. Esta estabelece-se quando o Espírito faz o contacto com a matéria e o resultado desse contacto é o Ego o aspecto Consciência. Nesta ligação do Espírito com a matéria acendeu a “chispa do fogo”, que é a mente ou o despertar da Consciência. Quando vibram em uníssono e em plenitude (matéria e Espírito) permite um avanço na continuidade da expansão da Consciência que vai desenvolvendo e transmutando o Ser, gradualmente, até que desperte plenamente no plano búdico. A partir desse estado e plano, fica então, habilitado a actuar conscientemente no EU SOU em correspondência com os Planos Cósmicos.

Excerto do “Tratado sobre o Fogo Cósmico” de Alice Bailey (§)

A determinada altura da evolução planetária foi aberta a porta às Iniciações humanas, começando assim, a Senda Espiritual.

A Individualização consiste então, na auto-realização pelo processo de ligação da matéria (corpo físico) com o Espírito, onde numa fase primária (nos primórdios dos tempos) se agiu mais por instinto e, depois numa crescente individualização, o homem empreendeu a sua própria evolução através da vontade inteligente e do desejo de se superar para obter mais perfeição.
Temos a primeira etapa, que é a individualização até à entrada na Senda ou Caminho Espiritual pela primeira Iniciação. Na segunda etapa, inicia uma escalada de transmutação no processo interno de desenvolvimento tanto do coração como da mente, fortalecendo, assim, o seu eixo de alinhamento com os planos superiores até à terceira Iniciação e assim transmutando-se, sucessivamente até à quinta Iniciação, onde a Vontade, a Sabedoria e o poder ficam perfeitamente alinhados com a Unidade. A sexta e a sétima correspondem a seres muito avançados na evolução.
Seres (jīvas) reencarnantes

Quando um ser (Espírito) se prepara para encarnar é emitida uma Palavra que transmite o impulso inicial da vibração correspondente com a nota dessa Palavra. Os Anjos (§) Solares dirigem essa vibração donde se origina o mantra para esse tipo particular de Ego. Finalmente a vibração chega à unidade mental ou corpo causal e os Pitris lunares (Anjos) começam a desenvolver suas fórmulas para o tipo particular de veículo (corpo físico) requerido, pelo qual a partir daqui “constroem” o cérebro-mente correspondente. Este método serve o propósito da série de encarnações necessárias até à iluminação ou libertação.

A descrição das Sendas que se segue corresponde aos Seres que já obtiveram as primeiras iniciações e estão por isso habilitados ao Serviço na Terra ao nível Planetário e Solar.

As sete Sendas

1ª Senda (Caminho)

Serviço na Terra
A “Jóia no Lótus” actua por meio do signo da Balança.
Emanam da Constelação do Dragão “Dragões benéficos que se distinguem pela sua “luminosidade”. Sobressai de todas as qualidades básicas a que pertencem todos os instrutores espirituais e a seus discípulos: “deixa que a tua luz brilhe”.
Estas quatro identificações aparecem perante o Adepto que atravessa a “porta luminosa”, depois de ter recebido a 5ª Iniciação e estão vinculados ao quadruplo Lótus do Logos Solar e ao seu centro cardíaco de 12 pétalas, “coração do Sol”
Atributos – Sábia compaixão
Origem – Constelação do Dragão por via da Balança
Hierarquia - sexta-feira Método – Doze identificações Cósmicas
Símbolo – O Dragão verde surgindo do centro de um Sol flamejante. Por detrás e sobressaindo do Sol pode ver-se dois pilares de ambos os lados da porta fechada.
Qualidade adquirida – Luminosidade

2ª Senda

Do trabalho Magnético
É um dos Caminhos que melhor expressa os efeitos da Lei de Atracção cuja lei expressa a Vontade do Filho, o Sol Espiritual.
Qualidade, como base - a Coerência
Os grandes Seres desta Senda manipulam matéria de diferente densidade e vibração, astral, fática e prânica como efeito de “ligar os Construtores”. Trabalham com energia magnética e atractiva.
Assenta no aspecto vontade ou propósito de vida espiritual por detrás de todo o fenómeno subjectivo e objectivo.
Esta Senda (por intermédio do centro coronário logóico) ao Coração de “AQUELE DE QUEM NADA SE PODE DIZER”, fonte de vida do Logos Solar.
O signo zodiacal correspondente é GÉMEOS.
Desta Senda o Adepto entra na 7ª Senda o da “Filiação Absoluta”.
1 – Para realizar esta 2ª Senda, cujo método empregue se pode expressar “Entrada na Terra ardente” e que existe entre a “Aula de Ignorância”, fogo destrutivo criado pelo homem de acordo e actuação da Lei do Karma.
2 – A personalidade vai-se destruindo entre a “Aula de Aprendizagem” e a “Aula de Sabedoria” através de vidas antes da 3ª Iniciação.
  (... continua) 
topo
questões ao autor sugerir imprimir pesquisa
 
 
Flor de Lótus
Copyright © 2004-2017, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®