Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Introdução
Nutrição
Agenda
Notícias
Loja
Directório
Pesquisa
Marco Histórico §
Guia de Sânscrito
NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
Manter o equilíbrio psicossomático é possível através de certos requisitos, e de entre eles, a alimentação. A solução de doenças quando em curso, bem como a sua prevenção, passa por regras de nutrição, que afinal, deveriam já estar incluídas como imprescindíveis, ao bom funcionamento do organismo físico do ser humano.



pág. 1 de 3
Cozinha para Crianças

de Ana Isabel Marques

em 07 Ago 2006

  Este tipo de cozinha é muito especial, pois é normalmente usado para crianças com 1 a 2 anos de idade. Nestas idades, a criança está ainda em formação, o que significa que a sua alimentação é ainda importante na formação da sua constituição. São anos cruciais para a formação do corpo físico, podendo daí advir inúmeros problemas físicos no futuro adulto, se houver carências alimentares, ou consumo de alimentos que enfraqueçam substancialmente a constituição, especialmente alimentos extremos e medicamentos, que poderão provocar más formações físicas, deficiências do tipo imunitário, alergias e outros problemas que hoje em dia se vêm já manifestar-se em crianças até muito pequenas.

Sopa de cebola

Cortar a cebola em quadradinhos, e estufar num pouco de óleo de sésamo ou de água até que fique macia. Depois, juntar o resto da água para a sopa e deixar ferver. No final temperar com miso. Para temperar com miso, retira-se um pouco de água da sopa de dentro da panela, desfaz-se o miso nessa água quente, batendo muito bem para não ficar bem desfeito, e depois volta a colocar-se a água na panela. Deixa-se aquecer e quando está prestes a levantar fervura, e a água começa a borbulhar ligeiramente, deixa-se mais 1 ou 2 minutos, sem deixar que ferva. Depois retira-se do lume.

Servir a sopa bem quente com pão tostado ou com pão frito, alho francês picado e pedacinhos de alga nori tostada. Assim que a sopa fica pronta, pegar numa folha de alga nori e passá-la pela chama, do lado mais brilhante, até ficar ligeiramente tostada e não torrada, depois parte-se em pedacinhos pequenos que se colocam a enfeitar os pratos de sopa.
Também pode cortar restos não muito fresco em cubinhos que se podem fritar num pouco de óleo e juntá-los depois aos pratos de sopa, ou então mesmo sem fritar. Pode ainda juntar alho francês bem picado, especialmente a rama mais verde, cortando em rodelas muito finas juntando depois ao prato de sopa quente para decorar. Não se esqueça que em vez de alho francês também pode usar salsa, coentro ou agrião.

Depois que a sopa fica pronta também pode juntar a água de escaldar os vegetais, no entanto é necessário ter cuidado pois esta água tem umas características demasiado yin, não se podendo fazer isto sistematicamente.
Pão tostado
O pão tostado pode usar-se de inúmeras formas. Pode-se tostar na frigideira para secar bem os pedaços de pão. Quando se usa este pão na sopa, pode juntar um pouco de óleo de sésamo para temperar a sopa.
Para o pão frito, pode colocar um pouco de óleo de sésamo na frigideira, colocar os pedaços de pão e deixá-los fritar ligeiramente. Quando juntar este pão à sopa, não temperar a sopa com óleo de sésamo, pois ficará com óleo a mais.
Alga nori tostada
A alga nori tostada é também muito fácil de se fazer. Como já se disse em cima, pegar numa folha de alga nori, e passá-la sobre a chama do bico de gás, do lado mais brilhante. Depois parti-la em pedacinhos bastante pequenos.

Miso
O miso é um fermentado de longa duração, e por isso é especialmente bom para os intestinos. Por isso não convém deixar ferver pois perderia todas as suas propriedades. Para as crianças usar uma colher de chá por pessoa, para a criança pode usar meia colher de chá. Não convém deixar a sopa muito forte para as crianças.
Couscous
O couscous é um derivado do trigo, e fica muito bem complementar com outros processos culinários.
Pode fazer um salteado com óleo ou água, cortando as cebolas em meias luas muito finas, cenouras em pedacinhos, cogumelos, sultanas e deixar saltear tudo até que os vegetais fiquem bastante macios. Depois juntar uma chávena de água a ferver, deitar o couscous, apagar o lume e tapar o tacho que deve ficar abafado durante 15 a 20 minutos.
Para tostar os vegetais pode usar óleo de sésamo tostado ou óleo de milho de primeira pressão. Também pode usar azeite de boa qualidade, no entanto é bom usá-lo apenas de vez em quando para variar.

Os vegetais, quando se usam na sopa, podem ser cortados de diversas formas. A cebola pode ser cortada em meias luas ou em quadradinhos, e depois levemente salteada em óleo de sésamo tostado. Quando se usa a cebola convém que o cheiro forte saia todo antes de se juntarem outros legumes ao salteado. Será bom usar todos os legumes cortados da mesma forma que se criar harmonia. Neste sentido também pode pensar em colocar a cenoura aos quadradinhos por cima da cebola, ou então usar cenoura ralada. Depois pode juntar os cogumelos em quadrados, tendo sido antes lavados em água corrente até ficarem brancos.
Quando se cozinha o couscous, usar uma medida de couscous para uma medida e meia de água.
  (... continua) 
topo
questões ao autor sugerir imprimir pesquisa
 
 
Flor de Lótus
Copyright © 2004-2017, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®