Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Introdução
Sagrados
Sugestões de Leitura
Especiais
Agenda
Notícias
Loja
Directório
Pesquisa
Marco Histórico §
Guia de Sânscrito
NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
Textos Sagrados são os registos que evocam o divino. Neste espaço eles irão testemunhar a reverência espiritual da humanidade, porque asseguraram e continuarão a assegurar, a herança que dirige o rumo da contínua evolução dos seres. A Sabedoria perene e a força espiritual irradiam através dos tempos, sob a égide de Escrituras Sagradas.


pág. 1 de 4
Um Yoga de Luz

de Geoffrey Hodson

em 08 Dez 2013

  O UNO está no coração do Cosmos. Este UNO tem o Seu santuário e altar no coração de cada ser humano. Em consciência, a primeira grande descoberta do homem é a desta Divina Presença dentro de si, a “do Imortal Governante Interno, localizado nos corações de todos os seres", (Bhagavad Gitā). É baseado nisto que o homem consegue a identidade com o Único, a completa absorção consciente – “tal como água na água, espaço no espaço, luz na luz” (Ātma-Bodha, Shankarachārya ) – sempre no eterno e incriado Todo. Esta é a última meta do homem. A meditação metódica e sabiamente dirigida pode acelerar sua consecução. O primeiro objetivo na meditação e descobrir a nossa própria Seidade Espiritual, diferençada dos veículos pessoais (físico, emocional e mental) e a consciência que atua dentro deles.

VOLUNTARIAMENTE APRISIONADO DENTRO DE VÓS,
COMO LUZ, EXISTE UM PODER ONIPOTENTE.
LIBERTAI-O! DEIXAI A LUZ BRILHAR!

As pessoas dotadas de um certo temperamento – outras há que não conseguem resultado com este método – iniciam, portanto, com um exercício de dissociação por meio do qual procuram tanto compreender a distinção entre o Ego Imortal e os seus veículos mortais e pessoais, como também conhecer o Eu Espiritual. Conhecer o conhecedor pode parecer impossível para a mente analítica. Entretanto, o aparente paradoxo, pode ser esclarecido no nível da inteligência sintetizante e intuitiva do homem – a sua mente profética – para a qual, por meio da meditação, o centro de consciência é deliberadamente conduzido.

O segundo objetivo é o de sentir que o Eu Espiritual do homem sempre é uma parte integral do Eu Espiritual do Universo, do Senhor Supremo em tudo imanente, o Logos Solar. O homem é um com Deus e, através DELE, com tudo o que vive. O Espírito Homem e o Espírito Deus são um só Espírito. Conhecer esta verdade das verdades transforma a nossa vida.
As duas descobertas, que são a da Divindade dentro de nós e a da sua unidade com a Divindade em tudo, constituem experiências de consciência e o uso positivo da imaginação criadora durante a meditação pode ajudar-nos a adquirir essas experiências. A prática da dissociação é, pois, seguida por afirmações da unidade do homem com Deus. Estas afirmações podem levar o devoto à contemplação silenciosa e a uma sensação mais profunda de unidade com a toda imanente e transcendente Deidade, o inominável e impessoal Ser Único.

A realização espiritual por um homem facilita e aproxima a mesma realização por todos os homens. A compreensão deste fato explica parte da finalidade do yoga (§). O futuro yogue, entrementes, também é insistentemente impulsionado no seu interior e, para ele ou ela, “não existe qualquer outra Senda a trilhar”. (Shvetāshvatara Upanishad, VI, 15).
Este folheto é oferecido como um guia preliminar –finalmente cada um encontra o seu próprio caminho – àqueles que se sentem assim inclinados e que procuram um exercício sistemático de consciência baseado num metodo eficiente e seguro.

UM MÉTODO DE MEDITAÇÃO PESSOAL E COLETIVO
****
A MEDITAÇÃO COLETIVA, COM PAUSAS APROPRIADAS, É DIRIGIDA POR UM
LÍDER, COMO SEGUE:

PREPARAÇÃO
– O CORPO RELAXADO,
– AS EMOÇÕES HARMONIZADAS.
– A MENTE ATENTA E PLENA DE VONTADE.
– O CENTRO DA CONSCIÊNCIA FOCALIZADO NO EU
SUPERIOR, A ALMA ESPIRITUAL, O EGO IMORTAL.
DISSOCIAÇÃO
– Afirme e realize mentalmente:
EU NAO SOU O CORPO F1SICO.
EU SOU O EU ESPIRITUAL.

EU NAO SOU AS EMOÇOES.
EU SOU O EU ESPIRITUAL.

EU NAO SOU A MENTE.
EU SOU O EU ESPIRITUAL.

MEDITAÇÃO
– EU SOU O EU DIVINO. (pense na mônada),
– IMORTAL.
– ETERNO.
– RADIANTE DE LUZ ESPIRITUAL
– EU SOU ESSE EU DE LUZ, ESSE EU SOU EU.
– O EU EM MIM, O ĀTMA , É UNO COM O EU EM TUDO, O PARAMĀTMA .
– EU SOU ESSE EU EM TUDO; ESSE EU SOU EU.
– O ĀTMA E O PARAMĀTMA SÃO UM:
– EU SOU ELE. ELE É EU.

ENCERRAMENTO
– TOME SEU CENTRO DE PERCEPÇÃO.
– A MENTE FORMAL, ILUMINADA E RESPONSIVA À INTUIÇÃO.
– AS EMOÇÕES, RADIANTES DE LUZ ESPIRITUAL.
– O CORPO, FORTALECIDO PELA VONTADE ESPIRITUAL. INTERNAMENTE VITALIZADO, E AUTOCONCENTRADO DURANTE O DIA NA LEMBRANÇA DA DIVINA PRESENÇA EM SEU CORAÇÃO, DO IMORTAL GOVERNANTE INTERNO LOCALIZADO NO CORAÇÃO DE TODOS OS SERES,
– RELAXE A MENTE E PERMITA QUE O EFEITO REVIGORANTE DA MEDITAÇÃO SE ESTENDA A TODAS AS OUTRAS ATIVIDADES DO DIA.
****
O mesmo processo se deve seguir na meditação privada, pessoal.

COMENTÁRIO
SOBRE A MEDITAÇÃO

Visam-se dois objetivos na meditação:
I -. A consciência Egóica.
II - A realização de unidade com o Senhor Supremo e Vida do Universo.
Este empreendimento é regido por certas leis fixas, as quais devem ser obedecidas, caso se busque um sucesso integral.
A- Fisicamente elas são:
(1) Isolamento e segurança contra intrusões estranhas.
  (... continua) 
topo
questões ao autor sugerir imprimir pesquisa
 
 
Flor de Lótus
Copyright © 2004-2017, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®