Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Introdução
Nutrição
Agenda
Notícias
Loja
Directório
Pesquisa
Marco Histórico §
Guia de Sânscrito
NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
Manter o equilíbrio psicossomático é possível através de certos requisitos, e de entre eles, a alimentação. A solução de doenças quando em curso, bem como a sua prevenção, passa por regras de nutrição, que afinal, deveriam já estar incluídas como imprescindíveis, ao bom funcionamento do organismo físico do ser humano.



pág. 1 de 3
Cuidar da Imunidade

de Maria

em 13 Abr 2014

  Uma alimentação equilibrada é o segredo para manter o corpo forte e saudável. Fortalecer as defesas do organismo contribui para combater infecções causadas por vírus em todas as estações do ano, embora no Inverno seja necessário desenvolver mais resistência para as agressões climáticas. Existem especificações que podemos tomar em conta para assegurar que a alimentação seja também um factor curativo. Convém também recordar que tudo que seja em excessos prejudica a saúde, como comer demasiado a uma refeição, ingerir açúcares, seja em sobremesas seja nas bebidas, já que hoje em dia, infelizmente o açúcar é adicionado a muitos produtos que consumimos não sendo necessariamente da categoria de doces.

Cuidar da imunidade através dos alimentos
Os alimentos devem ser variados e “vivos” frescos, pois a natureza oferece uma gama diversificada de produtos alimentícios; frutas, verduras, hortaliças e plantas aromáticas, cruas ou cozidas, cereais que através deles fornecem-nos energia vital. Devido á riqueza de elementos “vivos” (fermentos, vitaminas, minerais etc.,) os sumos e batidos naturais são de grande utilidade, não só para criar imunidade a doenças, como contribuem para a recalcificação óssea. Encontra-se cálcio natural nos nabos e nabiças, ortigas, brócolos sendo sempre recomendáveis o ano todo, bem como os cereais integrais, brotos de sementes germinadas pois ajudam muito ao processo de recalcificação.
Incluímos alguns elementos específicos para cuidar da imunidade.

Mel
O mel pode ser usado como tratamento auxiliar principalmente nos problemas pulmonares e de garganta, gripes e resfriados devido à sua acção bactericida e anticéptica. É uma importante fonte de energia para o corpo e um substituto do açúcar. Pode ser adicionado a bebidas quentes como chás, frutas cozidas.
Composição do mel:
Contém 70 substâncias biologicamente activas, a maior parte das quais provêm do néctar e, algumas das glândulas hipofaríngeas da abelha, como as enzimas e inibinas:
Água, hidratos de carbono e minerais (pequenas quantidades), tais o ferro, fósforo, magnésio, cálcio e potássio. Também contém oligo-elementos como o zinco, o cobre e o magnésio.
Glicose: quando chega ao intestino delgado passa directamente para o sangue, e a partir deste é distribuída por todas as células do organismo, onde se oxida ou queima, produzindo uma grande quantidade de energia que se armazena em forma de ATP (trifosfato de adenosina). A glicose precisa da hormona insulina para entrar nas células e ser queimada.
Contém ainda: Proteínas, vitaminas, ácidos orgânicos.

Gengibre
O gengibre é um potente anti-oxidante de acção expectorante que estimula o sistema imunológico, com características anestésicas e anti-inflamatórias. O seu rizoma tem um sabor doce e intensamente aromático, que pode empregar-se em diversos guisados, assim como em conservas de frutas

Castanhas
São fonte de vitaminas e minerais como o selénio que contribuem na formação das células de defesa do organismo. As castanhas possuem quantidades de gordura como o ómega 3, que ajuda ao processo anti-inflamatório.
Propriedades e indicações:
A castanha é um dos alimentos mais ricos em hidratos de carbono que a natureza nos oferece (37,4%), só comparável às leguminosas e aos cereais. Os hidratos de carbono da castanha são formados em grande parte por amido (85%), seguidos pela sacarose (15%). Não contém glicose nem frutose. Contém proteínas e gorduras, sendo a maior parte delas mono ou polinsaturadas. É rica em vitamina C e sobretudo em vitaminas do complexo B (semelhante à do trigo integral), B1, B2, B6 e niacina. Em minerais salienta-se a sua riqueza em potássio, ferro, fósforo, magnésio, cálcio e os oliogoelementos zinco, cobre e manganésio.
A castanha actua no organismo como tonificante muscular e alcalinizante. Recomendável para estados de fadiga devido a esforço físico ou desnutrição. Produz uma acção tonificante sobre os músculos transmitindo energia e bem-estar.

Laranja
Fonte de vitamina C, um nutriente fundamental para o sistema imunológico que impulsiona a produção das células de defesa e ajudam ao processo de cicatrização e estimulam todas as funções hepáticas. Tal como as uvas ajudam a eliminar as pedras ou cálculos nos rins ao mesmo tempo estimulam o bom funcionamento dos intestinos.

Limão
É uma das frutas mais ricas em vitamina C, a juntar a outros componentes anti-oxidantes. Rico em ácido cítrico e ácido ascórbico, o limão é benéfico para diferentes funções do corpo. Evita hemorragias e ajuda a cicatrização impedindo infecções.
  (... continua) 
topo
questões ao autor sugerir imprimir pesquisa
 
 
Flor de Lótus
Copyright © 2004-2017, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®