Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Bem-vindo
   Missão
   Agenda
   Notícias
   Loja
   Directório
   Pesquisa
   Marco Histórico §
   Guia de Sânscrito
   NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
Dificuldades na leitura? Experimente a versão não acentuada.
pág. 1 de 1
Investigar

de Maria

em 30 Jun 2019

   À medida que se processa a evolução humana e espiritual de forma consciente, pelo qual a meditação é o meio mais avançado e eficaz, a mente desenvolve capacidades que forçam o cérebro a funcionar mais de acordo com o seu ritmo e vibração produzindo substâncias acrescidas ao seu normal funcionamento. Isto leva a maior despertar da vontade para evoluir na aspiração de um propósito que é a Unidade. Este movimento do cérebro limpa escolhos ou formas de pensar inadequadas que, normalmente envolvem as pessoas.

Deste modo, ao meditar está a aceder a planos superiores permitindo vibrações elevadas; o búdico e desta forma a desabrochar áreas que obviamente já fazem parte do cérebro, mas são pouco ou nunca usadas, pois só se activam com determinada evolução cognitiva no homem. Isto permite às células que trazem a memória divina funcionar e, pouco a pouco, a lembrança de Deus se fará mais nítida, passando a ser a sua força de vida numa voltagem superior de alinhamento.

Todo o ser humano tem no seu interior uma ânsia ou necessidade religiosa, ou seja, de uma ligação ou religação ao divino. Mesmo aquele que se diz ateu, afinal de forma inconsciente busca Algo, mas como dá muito trabalho investigar para chegar a conclusões por si mesmo, desiste de procurar: é um desistente. É, assim, mais fácil negar, desistir. Na realidade é a investigação sobre si mesmo que revela a Filiação Divina.

Quem procura completar a sua vida espiritual, mas se não tem grande definição do que busca e como buscar acaba por encontrar, actualmente, uma diversidade de opções. Assim diante de um vasto leque de modalidades que são oferecidas, acaba por se embrenhar no mais fácil e sedutor, com sistemas ilusórios que apresentam já o caminho feito, mas a senda tem um princípio meio e fim. É por esta razão que me identifico com Patañjali e o seu sistema do Yoga Sūtras que ajuda de forma clara e séria nessa investigação.

Astāvakra, outro grande mestre com ensinamento baseado no Vedānta, apresenta já o caminho percorrido e como apoteose a auto-realização, em que diz já não necessitar de meditar, de renunciar ou de buscar; cessou, está em paz. Patañjali ensina como aqui chegar…Completam-se.
Esotericamente, a mente está representada no cérebro como um lótus que se vai abrindo gradualmente a par da evolução e aspiração espiritual estimulando a recordação do divino. É uma luz central que começa a resplandecer numa glória interna realizando o fogo do Espírito. Não esquecer que o Cosmos se movimento ou alimenta à base de fenómenos eléctricos e o nosso cérebro tendo por base impulsos eléctricos, os neurónios entre si, respondem e reagem aos fenómenos eléctricos planetários e cósmicos.

Exactamente, a individualização reside na aproximação entre dois polos em que se produz luz (matéria e Espírito); surgindo então uma “chama” (ígnea) cuja intensidade de luz, calor e irradiação aumenta gradualmente até chegar à máxima capacidade de perfeição; Ser – Consciência - Inteligência. Luz, calor e irradiação, caracteriza todos os entes individualizados. A individualização é então a união do Espírito com a matéria que permite a auto realização, que é o que nos diferencia dos demais, capacitando à iluminação.

Em determinada altura da evolução em que o ego fica mais estruturado e centrado em si mesmo devido a um esforço consciente sobressai o amor no coração e a sua natureza inferior é resgatada pela atracção que é exercida por Aquilo que lhe é superior. Esta atracção actua cada vez mais, até que começa a identificar-se com a energia Mónada-Espírito e, buscando o seu próprio centro encontra inevitavelmente a Unidade ou Deus. É um processo irreversível!

É, então, a investigação individual na procura de uma via espiritual que permite a cada um obter o conhecimento para chegar à Unidade e desenvolver a sua auto-realização; ela é pessoal e única.

Nota. Tratado de Meditação – baseado no Yoga Sūtras, de Patañjali, de Maria Ferreira da Silva – Publicações Maitreya
Astāvakra Gītā – O Cântico da Consciência Suprema – de Pedro Teixeira da Mota.
Publicações Maitreya
     


topo
questões ao autor sugerir imprimir pesquisa
 
 
Flor de Lótus
Copyright © 2004-2019, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®