Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Introdução
Sagrados
Sugestões de Leitura
Especiais
Agenda
Notícias
Loja
Directório
Pesquisa
Marco Histórico §
Guia de Sânscrito
NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
A finalidade de “Sugestões de Leitura” é colocar em destaque obras, cujo valor espiritual merecem um olhar atento, mais profundo, em consonância com a temática da secção em que se insere.

pág. 1 de 2
Pétalas

de Maria

em 24 Fev 2013

  Pétalas, reúne um conjunto de textos de temáticas de variada inspiração, onde o seu núcleo se vincula na ligação à Fonte Suprema, tal o centro de uma rosa que mantém unidas suas pétalas e, quando se desprendem mantêm o seu fragor e beleza. Desde as interrogações às nossas origens, à espiritualidade portuguesa ou Ordem de Mariz, aos sistemas filosóficos e religiosos da Índia, bem como a investigações científicas actuais sobre a evolução do cérebro e a prática da meditação, encontram-se reflexões espirituais que propomos para momentos especiais de leitura.

«A descida de uma energia espiritual que abrace toda a humanidade e a ajude a despertar, poderá ser o Graal planetário da transformação espiritual»


O Elixir da Felicidade

Há processos internos no corpo humano que coordenam mecanismos, que por sua vez desencadeiam forças geradoras de energias, entre as quais as ligadas aos órgãos que fomentam bem-estar ou mesmo prazer interno. Não se restringe necessariamente os órgãos sexuais, pois abrange outras áreas do organismo, tais o aparelho digestivo e os intestinos, repercutindo-se depois, naturalmente, por todo o organismo.

Todavia, as correntes energéticas que se movimentam nestas áreas, só se tornam mais perceptíveis depois de certa intensidade das forças internas, as quais resultam da evolução espiritual do ser humano, quando purificado, tanto físico como psiquicamente. Encontra-se aqui a razão porque quando um ser evolui no seu caminhar espiritual, deixa espontaneamente de se polarizar na actividade sexual, porque passa a recolher em si o resultado dessa pureza e, quanto mais pureza - neste caso (estado) é mesmo condição fundamental a sublimação sexual - mais despoleta as energias. Estas energias (para quem já está na posse desta realização) passam a ser cada vez mais poderosas com o evoluir espiritual e, se impulsionadas pela Meditação (modo mais eficaz) pode levar directamente ao Absoluto. Realizam-se então, estados de samādhi (graus elevados de realização espiritual), com uma exponencial de felicidade muito superior ao que se pode obter num relacionamento sexual e, ao contrário deste, em que o prazer se esvai em minutos, a felicidade obtida no samādhi permanece, integrando-se na Consciência, atingindo-se finalmente o estado em que se é sempre essa felicidade em constante beatitude.

Na realidade, este é o elixir de que se fala nas tradições filosóficas e espirituais da Índia, a amṛta, o soma dos deuses, que estes temiam que os homens o descobrissem, pois tornar-se-iam iguais a eles ou mesmo, os suplantariam em poder. De facto, este estado ao qual o homem tem acesso no seu caminhar espiritual é um poder que se adquire com a realização espiritual, quando se eleva a uma dimensão superior de viver, ultrapassando a sua própria humanidade, e não poderes para manipular o que quer que seja, ou os outros. Chegar a este ponto de criar a sua própria beatitude nos recessos internos do corpo físico é sinal de que se purificou, já que sem a sublimação não é possível produzir a amṛta. É neste estado de iluminação de amor e sabedoria, já desapegado das questões de poder, que se alcança então, uma capacidade de inteligência invulgar e um alargamento de consciência poderoso, mas direccionado para o Divino ou Absoluto, numa integração profunda, onde tem o conhecimento directo e real de Deus.

Este estado é de facto, um passo adiantado da realização espiritual, onde o Ser-Consciência se torna ele próprio a Sabedoria, percepcionada, sentida, observada e realizada em si, melhor dizendo, absolutamente consciente do que está a contemplar. Porém, nunca esquecer que isto se realiza quando, um ser acredita em Deus, porque o integra e vive em união com Ele ou é Ele, e não por práticas para alcançar estados de poder ou de ambição espiritual, ou seja, sem Deus – nunca! É a união com Deus que acciona essa energia, portanto, esta produção de amṛta, significa um grau bem adiantado na evolução espiritual do ser humano.

O Graal (§) da Índia

Na literatura filosófica e religiosa da Índia há três obras fundamentais, verdadeiras jóias do conhecimento espiritual, sobre as quais assenta este trabalho comparativo: a Bhagavad Gītā (§), a Aṣṭāvakra Gītā e os Yoga (§) Sūtras de Patañjali.
Existe por vezes, entre os ocidentais, certa confusão tanto quanto ao valor religioso, cultural, espiritual e social, como ao objectivo de cada uma delas devido à complexidade dos temas, mas também pela falta de correlação entre as diversas obras e de uma formulação definida que faça a diferença entre elas.
  (... continua) 
topo
questões ao autor sugerir imprimir pesquisa
 
 
Flor de Lótus
Copyright © 2004-2017, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®