Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Bem-vindo
   Missão
   Agenda
   Notícias
   Loja
   Directório
   Pesquisa
   Marco Histórico §
   Guia de Sânscrito
   NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
Dificuldades na leitura? Experimente a versão não acentuada.
pág. 1 de 1
Hermafrodita

de Maria

em 17 Mar 2020

   A necessidade ou dependência sexual dos seres humanos não será perpétua. Esta lei da dualidade dos sexos será um dia anulada pela manifestação superior deste aspecto, quando gradualmente, os seres forem atingindo o estado de andrógino. Naturalmente, que esse aspecto já se vai manifestando nos seres mais adiantados na evolução espiritual, mas infelizmente caem facilmente em ilusões, porque carecem de conhecimento. No caso do homem por exemplo, pode levar algum tempo e ainda na adolescência a perceber a sua natureza sexual de avanço no androginato e pela incompreensão, ignorância e influência dos que ainda não atingiram esse estado, pensar que tem um problema pela falta de estímulo sexual ou pouca atracção pelo sexo oposto, já que devido ao seu estado de evolutivo, o sexo não tem grande preponderância. Ou seja, o desejo sexual está sublimado e, o seu uso e controlo, passa a ser uma coisa secundária, mas que o torna diferente dos outros.

Esta ignorância e, até que compreenda a sua natureza, pode levar a certa confusão, visto o Ser andrógino ou hermafrodita conter em si mesmo manifestada o aspecto feminino tanto, quanto o masculino, havendo dificuldade em viver nesta mescla. A mulher assume com mais naturalidade esta dualidade, integrando o aspecto masculino sem grandes problemas de identidade em si mesma.

Estamos na era do protagonismo, por isso as redes sociais têm tanta visibilidade na promoção pessoal, propagando-se ideias e modas fáceis de adoptar e na ânsia de se evidenciarem e serem aceites pelos outros, há indivíduos a assumirem tendências que de forma nenhuma, estão de acordo com o seu interior. Esta superficialidade, onde o sexo, a moda, a revindicação da igualdade ou defesa de causas, como o do clima, fazem da civilização atual um caos cada vez mais devastador. Em relação ao clima, por exemplo, ninguém se preocupa com o mau ambiente que é criado no planeta tornando a atmosfera densa e terrível, causada pelos maus pensamentos, desejos insanos e acções violentas. Há uma aura brumosa a envolver o planeta que condiciona todo o viver humano, animal e vegetal bastante prejudicial. Esse mau ambiente começa na violência doméstica, nos pensamentos mórbidos e desanimadores, na agitação social, nos crimes, na droga e no álcool. A atmosfera da Terra está saturada de pensamentos maléficos criados pela própria humanidade.
Portanto, ninguém vai às causas. Se houvesse mais preocupação individual no aperfeiçoamento, quanto humano, quanto espiritual, não haveria tanta negligência no viver e mais responsabilidade quanto aos pensamentos e quanto às acções.

Voltando ao tema do hermafrodita, temos que atualmente a homossexualidade está na moda e infelizmente leva muitos jovens a desviar-se da sua própria natureza com orientações sem propósito, gerando confusão. Não sentir desejo sexual pode constituir um grande problema, pois ao comparar-se com os outros, percebe que é diferente, mas sem entender a razão e, pensa então, que tem um grave problema de impotência, gerando então, mais conflitos internos.
Só a evolução espiritual permitirá compreender e aceitar esta condição andrógina e, só podendo ser resolvida no próprio interior de cada Ser. São estados de consciência que só se pode atingir com a própria evolução de inteligência, para compreender então, os meandros das mutações físicas, psíquicas e espirituais, nesta peregrinação no caminho do aperfeiçoamento.

Contudo, outras compensações mais elevadas e sublimes aguardam aquele que já ultrapassou os desejos mais primários, um dos quais, a necessidade sexual. A energia é a mesma, porém, transmutada numa vivência mística cristalina, onde o prazer não se situa num ponto, mas repercute-se por todo o corpo físico, no mental e espiritual numa ressonância abrasadora, nirvânica.
     


topo
questões ao autor sugerir imprimir pesquisa
 
 
Flor de Lótus
Copyright © 2004-2020, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®