Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Bem-vindo
   Missão
   Agenda
   Notícias
   Loja
   Directório
   Pesquisa
   Marco Histórico §
   Guia de Sânscrito
   NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
Marco Histórico - Seres
Para saber o significado da palavra desejada, clique sobre a primeira letra.
A B
C
D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
C
  • Chaitanya - Chaitanya nasce em Bengala em 1483 e com ele culmina o movimento Bhakti (amor devocional), fortificado por Rāmānuja, Madhva, Nimbarka, Vallahba e Nārada. A alma é uma infinitésima parte de Deus, de tamanho atómico, e pelo amor, desenvolvidos em estados sucessivos, atinge o estado desinteressado e de fluxo incessante para Deus, que lhe dá a liberdade perfeita. A divindade não é já o Brahman indeterminado, mas Kṛṣṇa belo e adorável. A religião não são os ritos cumpridos, mas cantar, louvar, meditar, dançar no êxtase amoroso. A salvação já não é só acessível aos sacerdotes e aos que têm dinheiro os seus custosos serviços sacrificiais e ritualistas, mas até os śudras e os párias podem atingi-la pela via da devoção a Kṛṣṇa, ou a Nārāyana. A dinamização da religião indiana por Chaitanya espalhou-se a partir de Bengala e Orissa. Chaitanya morrerá em 1533, mas ainda hoje tem por toda a Índia os seus mosteiros ou maths, onde o bhakti yoga sobrevive.
    "Descobrimentos do Oriente e do Ocidente"
    Pedro Teixeira da Mota


  • Coimbra - Leonardo Coimbra nasceu em 29 de Dezembro de 1883, em Lixa, Felgueiras. Fez internato de N.S. do Carmo, em Penafiel, onde a disciplina brutal muito o impressionou: “Foi no colégio que aprendi a cismar”.
    Aos 15 anos entra, precocemente, na Universidade de Coimbra. Em 1903 ingressa na Escola Naval, mas sente que a sua vocação é a do magistério, e entra para Matemáticas, no Porto, em 1906. É nesta altura que as suas inquietações revolucionárias e espirituais começam a exteriorizar-se. Trava amizade profunda com Pascoaes e com Guerra Junqueiro.
    Funda com Pascoaes, Álvaro Pinto, Jaime Cortesão, a Renascença Portuguesa e em 1912 uma Universidade Livre Popular.
    Entrará em 1914 para o Partido republicano e em 1919 é ministro da instrução Pública, cria as Escolas Superiores Primárias e reforma a Biblioteca Nacional e o Conservatório. Cria a Faculdade de Letras do Porto.
    Em 1912/13, ao morrer o seu filho, interessa-se forte e experimentalmente pelos mistérios do além-túmulo, ele manterá leituras teosóficas e antroposóficas. No dia do Ano Novo um desastre de automóvel projectou-o para o outro lado da vida. Porém, a sua obra e seu exemplo estarão sempre vivos enquanto houver língua portuguesa, voz e pensar humano.
    Livro da Sabedoria Portuguesa,1989.


  • Confúcio - De seu nome, Kung Fu-Tsé, foi um dos maiores sábios chineses que viveu entre 550 a 480 a.C. A sua filosofia influenciou grandemente, não só o Estado, como a vida familiar chinesa. “Analectos” é uma colecção de pensamentos que lhe é atribuída, livre de ideias e crenças, com lógica e dimensão universal. No Confucionismo, o Tau é considerado de uma natureza perfeita quando aplicado em todas as acções da vida. O respeito pela autoridade, a veneração pelos mais velhos, o desenvolvimento de virtudes, era o Ensinamento que sustentava a sua doutrina, que teve aplicação sobretudo sócio-política.

  • Copérnico - Mikolaj Kopernik nasce em 1473, a 19 de Fevereiro em Torun, cidade pertencente à Prússia polaca. Aos dez anos de idade fica órfão de pai e a sua educação fica a cargo do tio, um religioso que chega a ser bispo de Varna. Copérnico, em 1491, entra na Universidade de Cracóvia e em 1495 é nomeado cónego do Capítulo de Varna.
    Desempenhou muitos cargos ao longo da sua vida. Foi oficial de justiça, matemático, médico, juiz, clérigo, mas foi na astronomia que Copérnico se destacou ao revolucionar o mundo, quando declara que é a Terra que gira em volta do Sol, deixando de ser a Terra o centro do universo. Dá a conhecer os seus trabalhos, "De Revolutionibus" que fomentam uma oposição de Lutero, e que atrasa a sua publicação em dez anos. Suas ideias algo inesperadas para a Igreja, suscitam polémicas acesas, pois deitam por terra todas as crenças da época. Mais tarde a sua teoria vem a ser confirmada por Galileu, Kepler e Isaac Newton.
    Morre a 24 de Maio de 1543, legando à humanidade e à Ciência em especial, horizontes infinitos de exploração.


  • Cruz - S. João da Cruz nasceu em 1542, perto de Ávila, em Espanha. Pertenceu à Ordem Carmelita e foi confessor e companheiro devotado de Teresa d´Ávila. Deixou obras de grande profundidade mística.

Flor de Lótus
Copyright © 2004-2017, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®